o certo para um cafezeiro da uma boa safra e fazendo a analise da folha e da terra ? e se a resposta for sim tenho que fazer quantas quantas vezes por ano ?

Município: 
Piata
Estado: 
BA

 

Resposta:

Senhor Jordan,

De fato a análise do solo indica o que já se tem disponível na lavoura e, assim, ajuda na indicação de uma adubação mais racional, sem faltas ou excessos. Em complementação, mais adiante, a análise de folhas ajuda a verificar eventuais deficiências e a corrigir algo na adubação.

Mas não é só isso. A adubação deve considerar o tipo de lavoura, sua idade espaçamento, variedade e, especialmente, sua produtividade. A lavoura que tem um bom potencial de produzir deve receber melhor adubação, afinal, vai precisar mais nutrientes para sua produção.

Também como pergunta a adubação deve observar o modo e a época e o tipo de nutrientes a serem aplicados. Especificamente quanto à época, principalmente no caso dos adubos nitrogenados, pelo fato de se perderem em profundidade, pelas chuvas, eles devem ser parcelados, em 3-4 aplicações no ciclo. Normalmente, tem sido usadas 3 parcelas, sendo a primeira cerca de 30 dias pós-florada, normalmente em novembro, depois uma segunda  em fins de dezembro e a última em meados de fevereiro com um intervalo de cerca de 1,5 mês entre elas.  Ocorre que, muitas vezes, aí na Bahia, a chuva chega tarde e, assim, é preciso  deve-se ajustar ligeiramente a época dentro do período de chuvas começando o parcelamento e terminando um pouco mais tarde. No caso de irrigação pode-se manter o mesmo esquema tradicional, pois o desenvolvimento e a frutificação do cafeeiro é que demanda a sua nutrição. Matiello.

Login no Site

Mapa do Site

Mapa completo   Divulgar conteúdo

 

Copyright © 2018