O que se sabe sobre o uso de algas marinhas "Lithothamnium" para correção de acidez do solo ?

Município: 
Inhapim
Estado: 
MG
Alem do cálcio e magnésio existe a presença de outros nutrientes, em qual cncentração? Esta correção se da de maneira mais rápida comparado aos demais corretivos, as doses são menores, pode-se se obter uma qualidade melhor de bebida devido ao seu uso?

 

Resposta:

Senhor Atélis, Pergunta o que se conhece do uso dessa alga calcária, se alem do cálcio e magnésio existe a presença de outros nutrientes e se esta correção se da de maneira mais rápida, comparado aos demais corretivos, e se é possível usar doses menores e, ainda, se é possível obter uma qualidade melhor de bebida devido ao seu uso. Nós atendemos dizendo que estivemos analisando trabalhos de pesquisa feitos com a alga calcária Lithothamnium e verificamos que ela se comporta de forma semelhante a um calcário de boa qualidade, na correção do pH e no fornecimento de cálcio e magnésio. Do produto que conhecemos ele indica a  composição de 42% de CaO e 4% de MgO e PRNT de 92%. Para certos solos, fica um pouco desajustada a proporção entre cálcio e magnésio, sendo o ideal que tivesse um pouco mais de Mg. Quanto aos demais nutrientes que pode fornecer els vão variar com a origem do material, mas, no geral, são em pequenas proporções. Nos estudo feitos ficou constatado o alargamento da proporção entre cálcio e magnésio, no solo e nas plantas, o que pode levar à deficiência desse último nutriente. Sobre o efeito na bebida não conhecemos estudos, porem é pouco provável que tenha influencia, pois, no geral, nutrientes influem mais na quantidade produzida do que na qualidade das sementes do café. No final, caso haja condições de preços compatíveis o material pode ser usado como fonte de correção do solo, com cuidados,  observando a proporção de Ca e Mg no solo. Matiello

Login no Site

Mapa do Site

Mapa completo   Divulgar conteúdo

 

Copyright © 2018