Considerando a região de Inhapim, onde as chuvas são concentradas na 2ª quinzena de novembro, dezembro, médio em janeiro e pouco em fevereiro, março e abril, qual o melhor método para se calcular a adubação de solo, de modo a se otimizar as adubações.

Município: 
Ipatinga
Estado: 
MG
Nossa 3ª adubação já é bem complicada, e a 4ª quase impossível, devida à nossa condição climática. Sendo nosso solo argiloso na maioria das vezes, estamos fazendo apenas 3 adubações, conforme as previsões do serviço meteorológico. Tenho usado em nossa região o método da Comissão da Fertilidade do Solo complementado pela análise de folhas, mas sempre tenho a impressão de que estamos adubando à mais. Em todas as áreas tenho visto potássio sobrando, fósforo faltando (palestra do Allisson), lavouras muito enfolhadas, mas com pouca produção (Região de Capelinha), e Mg baixo em relação ao Ca.

 

Resposta:

 

Senhor Jesus

Na complementação da sua pergunta você diz que fica impossível fazer os 4 parcelamentos da adubação. Diz ainda que tem usado como base o método da Comissão da Fertilidade do Solo complementado pela análise de folhas, mas sempre tem a impressão de que está mos adubando a mais. Diz, ainda que tem visto, nas análises de solo, potássio sobrando, fósforo faltando , lavouras muito enfolhadas, mas com pouca produção (Região de Capelinha), e Mg baixo em relação ao Ca. 

Os seus problemas têm sido muito comuns, também em outras regiões. No caso você pode dividir a adubação em 3 parcelas, normalmente usada em inicio de novembro, final de dezembro e meados de fevereiro, assim poderá colocar a dose global desejada em condições de umidade das chuvas.

Quanto à dosagem dos nutrientes nós indicamos usar os parâmetros pela produtividade das lavouras, com o multiplicador de 6,2 para o N, 0,6 para o P e 5,9 para o K. Quando a situação for de lavoura já bem corrigida, basta usar os níveis para a produção, visto que a vegetação é atendida pela re-ciclagem da folhagem e outros resíduos do ano anterior. Nesse caso usar, para cada saca de produção estimada,  2,6 kg de N, 0,23 kg de P e 3,0 kg de K. Matiello

Login no Site

Mapa do Site

Mapa completo   Divulgar conteúdo

 

Copyright © 2018